A reabertura da “Casa das Termas”, outrora designada como "Pensão Termas", ocorreu em Junho de 2014, na localidade de Caldas de Sangemil, concelho de Tondela, distrito de Viseu.
Trata-se de um conceito de alojamento que está na posse da família há mais de 40 anos e que manterá o ambiente familiar como a sua imagem de marca característica.

Este novo edifício foi totalmente remodelado, de forma a dar resposta às necessidades dos turistas, apresentando agora um espaço harmonioso de referência na região, possibilitando a adequação e fusão plena entre o conforto das instalações, qualidade do serviço, tranquilidade e segurança.

A “Casa das Termas” coloca à disposição dos seus clientes 10 quartos. Todos possuem casa de banho privativa, televisão de ecrã plano e alguns têm ar condicionado, estando devidamente decorados e com um cariz familiar.

As infraestruturas são ainda compostas por uma sala de estar e uma sala de refeições, de forma a possibilitar servir o pequeno-almoço, almoço e jantar, oferecendo uma alimentação cuidada e diversificada, que prima pela gastronomia típica da região. Adicionalmente, é de mencionar a existência de uma zona de lazer extremamente relaxante, constituída por um terraço com mais de 100 m2, coberto maioritariamente por uma parreira de videiras naturais.

Em Caldas de Sangemil, encontram-se as nascentes que deram origem e fizeram desenvolver as Termas com o mesmo nome, existe um balneário termal frequentado por muita população em busca de bem-estar e do tratamento de algumas doenças.

As terapêuticas patológicas, associadas às águas minerais de eficácia comprovada das Termas de Sangemil, captadas a cerca de 100 metros de profundidade e com 49 graus celsius, estão essencialmente relacionadas com patologias do foro reumatológico, algumas músculo-esqueléticas e artropatias resultantes de acidentes e também às patologias das vias respiratórias superiores.

De realçar também a envolvente onde se insere este empreendimento turístico, localizado no espaço rural do vale do Rio Dão, na hospitaleira região da Beira Alta, entre a Serra da Estrela e a do Caramulo.
A sua praia fluvial é hoje também local de atracção. Nesta localidade existe, ainda, a capela da Senhora da Saúde e a 4 km de distância, na sua freguesia de Lajeosa do Dão, o monumento megalítico “Anta da Arquinha da Moira” é um ponto de referência obrigatório.

As peças de Barro Negro, produzido na freguesia de Molelos, são uma forma de promoção turística e cultural do concelho, através da inovação e perfeição das mesmas.
Os amantes da natureza e do desporto ao ar livre terão oportunidade de usufruir da Ecopista do Dão, a mais comprida de Portugal, com uma extensão de 49 km entre S. Comba Dão e Viseu, fácil de percorrer de bicicleta ou a pé.

A “Casa das Termas” está situada a 12 km da cidade de Tondela e a 18 km da cidade de Viseu. Para além dos programas de animação nas próprias cidades, os turistas podem fazer passeios ao Caramulo e aí visitar os museus do Automóvel e de Arte.